quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Já cá canta!

Ou melhor, canta na aparelhagem.

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

José Saramago emocionado com «Blindness»

O prémio Nobel da Literatura José Saramago chorou depois de assistir à adaptação para o cinema da sua obra «Ensaio Sobre a Cegueira».
«Blindness», como é conhecido internacionalmente, foi realizado pelo brasileiro Fernando Meirelles («Cidade de Deus») e estreia em Portugal a 13 de Novembro.


terça-feira, 28 de outubro de 2008

Economia

Não costumo falar muito do tema aqui no blogue, porém esta notícia merece destaque:

Perante o descalabro global, os investidores procuram um investimento seguro. A alemã Volkswagen valorizou 220% nas últimas duas sessões e chegou a ser a empresa mais valiosa de todo o mundo durante esta terça-feira.

in Sol

Tropic Thunder em Seia

Nos dias 21, 22 e 23 de Novembro, pelas 21:30 horas, na Casa Municipal da Cultura.

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Há coisas fantásticas, não há? (nº 1367)

O meu primeiro filme em formato Blu-ray:

Finalmente já se pode comprar meia-dúzia de títulos a preços mais apelativos (20 €). Para ver todos os filmes Blu-ray em promoção na Worten, clicar aqui.
Agora vou ali ao lado assistir aos encantos da Alta Definição. Até logo.

domingo, 26 de outubro de 2008

«In Bruges» in Portugal


Vai finalmente estrear nas salas de cinemas portuguesas aquela que considero ser a melhor comédia negra do ano.
Já andava a falar deste filme há muito tempo, chegando mesmo a temer que passasse completamente despercebido do grande público.
Chegou tarde, mas chegou. Vejam!
Muito raramente se assiste a tantas frases geniais (as chamadas movie quotes) reunidas num único filme - e garanto que já vi resmas e resmas. Eis alguns exemplos. A minha deixa favorita continua a ser esta:

"Don't know any Belgium jokes, and if I did I think I'd have the good sense not to...hang on. Is Belgium with all those child abuse murders lately? I do know a Belgium joke. What's Belgium famous for? Chocolates and child abuse, and they only invented the chocolates to get to the kids."

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Estado em que se encontra o autor deste blogue (22) - A defender a sua sanidade mental



Neste momento o leitor está a pensar: "bem, este indivíduo anda a bater mal da cabeça!". Antes de escrever alguma coisa acerca do tema que me trouxe até aqui devo esclarecer que sou um verdadeiro apaixonado por Cinema (no sentido mais abrangente da coisa!).
Há uns anos atrás apresentaram-me a saga «Evil Dead» e os primeiros filmes do realizador de «O Senhor dos Anéis», Peter Jackson («Braindead» e «Bad Taste»). Desde logo fiquei fã do sub-género gore cómico. Talvez por isso não seja assim tão estranho ter adorado este «The Machine Girl». É um filme com muito sangue e sem escrúpulos. Mas foi feito com a mesma paixão, "argumento de duas páginas", bizarria q.b., criatividade e actores terríveis que os clássicos anteriormente referidos.
Um must see (como dizem os norte-americanos) para quem gosta do género e um must not see (termo inventado por mim) para os mais sensíveis.

E para mostrar que não endoideci de vez e que até sou um gajo porreiro, eis uma obra mais soft que guardei no coração: chama-se «You Don´t Mess With The Zohan» e é o mais recente filme de Adam Sandler. Protagonizado e produzido pelo actor, este projecto pessoal (pelo menos é o que parece) retrata a vida de um super soldado israelita que sonha em tornar-se cabeleireiro. Aqui fica o trailer:


quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Infidels: Little Big Planet e o Corão


Little Big Planet, um dos videojogos mais aguardados do ano, viu a sua data de lançamento para a Europa adiada devido a questões religiosas. Ao que parece, a banda sonora do jogo contém uma música onde são reproduzidas duas passagens do livro sagrado do Islamismo, o Corão.
Como medida de prevenção, a Sony Computer Entertainment Europe retirou todas as cópias do mercado até que a situação esteja resolvida.
Espera-se que o jogo chegue a Portugal durante a próxima semana (em princípio no dia 28 de Outubro).

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Os AC/DC estão de volta



Música: Rock N´Roll Train
Álbum: Black Ice
Ano: 2008

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

A propósito do concerto de ontem em Lisboa



Thievery Corporation

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Olha só para o governo a dar uma ajudinha a Carlos César

O desemprego nos Açores caiu 12,7 por cento em Setembro, face a igual período de 2007, para 3.125 inscritos, sendo esta a região do país onde o número de desempregados mais caiu, divulgou hoje o IEFP.

in Sol

O cão do MacGyver

video

Recebido por e-mail

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Little Big Planet


No próximo dia 22 chega a Portugal um dos jogos mais aguardados do ano. Há até quem fale de uma revolução nos videojogos. As expectactivas são, portanto, elevadas. Logo vos direi se fiquei maravilhado ou desapontado.

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Bloguer senense apresenta documentário no Cine Eco 2008

O documentário realizado por Luis Silva (Oceano das Palavras) que retrata o centenário da Banda Filarmónica de Torroselo foi seleccionado para competir no Cine Eco 2008. Mais informações, aqui.
Um abraço de parabéns

domingo, 12 de outubro de 2008

Mostralíngua


Mais informações, aqui.

Recebido por e-mail

sábado, 11 de outubro de 2008

Os Pontos Negros (outra vez)



Artista: Os Pontos Negros
Música: Conto de Fadas de Sintra a Lisboa
Ano: 2008

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Casamentos homossexuais

É casamentos gay para aqui e casamentos gay para ali. Sempre o mesmo. Não se ouve falar de outra coisa. Sinceramente, não entendo a razão de tanto alarido, até porque Portugal é um país com alguma tradição neste capítulo. Senão vejamos:

- José Sócrates (masculino) está casado com o poder (masculino) e não pretende divorciar-se tão cedo;

- Diz-se que Fátima Felgueiras (feminino) esteve casada, durante longos anos, com a corrupção (feminino).

No meio disto tudo, o único que escapa é o bom velho Salazar (masculino) que esteve casado durante mais de 30 anos com a ditadura (feminino).

É verdade ou mentira, Brandão?



Este é, na minha modesta opinião, um dos "apanhados" mais engraçados de todos os tempos. Um grande abraço para o camarada Brandão e para o Senhor barbudo que gesticula como se não houvesse amanhã.

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Estado em que se encontra o autor deste blogue (21) - Feliz por ti



Artista: Bruce Cockburn
Música: Wondering Where The Lions Are
Ano: 1979

Eu já tenho pontos negros. E tu?

Para quem ainda não conhece, Os Pontos Negros são uma banda portuguesa com claras influências de The Strokes, White Stripes (Pontos Negros é mesmo uma sátira ao nome deste duo), entre outros. Além de trazerem um som original para estas bandas, cantam em português, o que é sempre uma surpresa, pelo menos em Portugal.
Desconfio que não há-de faltar muito tempo para que aqueles quatro amigos de Queluz se tornem conhecidos do grande público.
Para já, sugiro que façam o download do álbum e depois passem a palavra. Não, meus caros, não estou a incitar à pirataria, o EP é que é mesmo gratuito.

P.S. Vou aproveitar para vê-los a 31 de Outubro em Coimbra.

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Mais uma actividade do Clube de Montanhismo de Seia

O Clube de Montanhismo de Seia vai realizar uma caminhada na serra da Estrela, na zona de Loriga, que decorrerá no Sábado dia 18 de Outubro.

O encontro vai ser nas bombas de gasolina de Loriga( junto ao "Café Vicente") as 9:00.

Para se inscreverem por mail é necessário, nome, nº BI, data de nascimento e nº telefone.

Por favor, confirmem a vossa presença até dia 16 de Outubro.

Clube de Montanhismo de Seia

Recebido por e-mail

domingo, 5 de outubro de 2008

Punk´s Not Dead


Durante a segunda metade dos anos 70 o mundo assistiu ao aparecimento de uma nova variante do Rock N´ Roll. Numa altura em que se comemora o 30º aniversário do Punk-Rock, o documentário «Punk´s Not Dead» surge como um objecto de especial interesse para os fãs, bem como para todos aqueles que realmente se interessam por música. Através de entrevistas feitas a alguns dos artistas mais influentes do meio saiba como surgiu e ainda se mantém activo um dos géneros musicais mais controversos de todos os tempos.
Resumindo: Vejam!

Depois de ver o documentário fiquei cheio de saudades e fui à colecção de CDs resgatar álbuns onde se encontram faixas como:



God Save The Queen, Sex Pistols



Do You Remember Rock N´Roll Radio, The Ramones



Police Truck (ao vivo), Dead Kennedys



Punk Rock Song, Bad Religion



The Brews (ao vivo), NOFX



Fuck Authority, Pennywise

Cooliris

Cooliris é uma aplicação para web browsers (Internet Explorer, Firefox e Safari) que facilita - e muito! - a visualização de ficheiros de imagem e vídeo. Aconselho o download.


quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Jack White e Alicia Keys ao serviço de Sua Majestade

Pouco tempo depois da música ter começado a circular na Internet, chega o videoclip da canção-tema do novo 007 «Quantum of Solace».
O tema resulta de uma colaboração entre Jack White (vocalista dos White Stripes) e a cantora de R&B Alicia Keys.
A nova aventura de James Bond estreia em Novembro.

Estado em que se encontra o autor deste blogue (20) - That´s Ok!



Artista: Jamie Cullum
Música: Get Your Way
Ano: 2005

Seia Futebol Clube


Visite o blog da nossa equipa de futebol, aqui.

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

O adversário do iPhone está quase a chegar ao mercado

Baptizaram-no de T-Mobile G1 e já é visto como o grande rival do iPhone no que diz respeito a "telemóveis do futuro". Resultado de uma parceria entre as empresas Google e T-Mobile, o G1 tem no preço o seu primeiro grande trunfo: entra no mercado a custar 179,20 dólares (cerca de 128 euros). Construído pela HTC, este telemóvel com características de PC vem equipado com um software que permite que outras empresas criem programas específicos para o seu sistema operativo. A câmara fotográfica de três megapixel acaba por ser outro ponto forte (a do iPhone tem apenas dois megapixel).
De acordo com o New York Times o G1 começa a ser comercializado nos EUA a 22 de Outubro.

Para mais informações, ler o artigo do New York Times