segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Mais uma do Chávez

O Presidente venezuelano, Hugo Chávez, qualificou os videojogos de “veneno”, concretamente a consola PlayStation, da Sony, porque ensina as crianças a “matar” e a “atirar bombas”, alguns dos valores ensinados pelo “capitalismo” para semear a “violência”.

in Público.pt

Felizmente, o caríssimo senhor Presidente Hugo Chávez não pensa o mesmo do computador Magalhães. E ainda bem que não, assim Portugal continua a subir uns pontos no ranking das exportações.
Já agora, gostava de colocar a seguinte questão: e se a Sony oferecesse umas "consolazitas" a troco de petróleo? Passaria a multinacional japonesa de veneno a cura? Mas isso não vai acontecer porque o regime autoritário da Venezuela só é capitalista de segunda a sexta-feira.
Correndo o risco de passar por um imitador, é caso para escrever: por qué no te callas?

1 comentário:

Paulo Brasileiro disse...

O mal dele é ainda não ter a TVI na Venezuela... porque senão.... ui... ai é que ia ser!!!!